• Postado por Tiago

Duas pessoas perderam a vida vítimas de atropelamento em Balneário Camboriú e Porto Belo entre a noite de quinta-feira e a madrugada de ontem. A primeira foi uma senhora de 83 anos, atingida pelas 19h de quinta-feira por um carango quando tentava atravessar a Terceira avenida, no centro de Balneário Camboriú. A coitada não resistiu aos ferimentos e morreu horas depois no hospital. Informações não confirmadas indicam que a senhora tava em cima da faixa de pedestres. Outra vítima fatal foi um andarilho que andava pela margem da BR-101, em Porto Belo, na madrugada de ontem.

Testemunhas contaram à polícia que dona Erna Lúcia Rathie Breda, 83 anos, atravessava a avenida, bem na esquina com a rua 3000, acompanhada da filha. No mesmo momento, o Palio, placa GZA 5406 (Itapema), seguia pela avenida. A motora Vivia da Silva Pessoa não conseguiu desviar e acabou atropelando a vovozinha.

Fofoqueiros de plantão que estavam no local no momento da trombada contaram que dona Erna atravessava a via em cima da faixa de pedestres. A idosa ficou toda quebrada e recebeu os primeiros socorros da galera do Samu e dos bombeiros. Foi levada em estado grave ao hospital Santa Inês, mas não resistiu e morreu.

A informação que dona Erna foi foi atropelada em cima da faixa de pedestres não é confirmada pela polícia civil. Em depoimento, Vivia garantiu que o acidente não foi em cima da faixa. A motorista ainda afirmou que fez de tudo pra desviar da mulher, mas não conseguiu evitar a tragédia. O caso tá registrado na delegacia de Balneário.

Mais um

Pelas 5h de ontem, foi a vez de um homem ser vítima de um porradaço. Um andarilho não identificado foi atropelado quando empurrava seu carrinho de bugigangas no acostamento do quilômetro 153, na BR-101, em Porto Belo. A polícia rodoviária federal (PRF) não soube identificar o carango que causou a desgraceira.

Os puliças suspeitam que um caminhão possa ter derrubado o homem no meio da pista sem querer. Os homis também não descartam a possibilidade de um carango ter atropelado e fugido sem prestar socorro. O homem teve traumatismo craniano e morreu na hora. O corpo foi levado pro Instituto Médico Legal (IML) de Balneário Camboriú onde aguarda reconhecimento. Ele aparenta ter uns 30 anos, é magro e tem 1,70m de altura. Quem tiver qualquer informação que possa ajudar a polícia pode entrar em contato com o IML de Balneário Camboriú pelo telefone (47)3264-6882.

  •  

Deixe uma Resposta