• Postado por Tiago

zelioprado@yahoo.com.br

O que passou, passou…

Que 2010 seja um ano mais feliz e proveitoso para o torcedor do Clube Náutico Marcílio Dias. O pontapé inicial foi dado no começo de dezembro, quando Abelardo Lunardelli e uma equipe de respeito assumiram a diretoria do clube, deixando todos esperançosos de que o Marinheiro é viável e que ainda tem jeito. Que as lambanças proporcionadas pela pior “diretoriazinha” que passou pelo clube sejam superadas, que as dificuldades financeiras que enfrenta não sejam empecilhos para a formação de um time forte em 2010. Um fato é certo, os atuais dirigentes têm prestígio, coisa que estava faltando há muito tempo entre a maioria dos dirigentes marcilistas. Salvaram-se poucos. Que venha 2010!

Destaques

Apesar de tudo que aconteceu na diretoria do Clube Náutico Marcílio Dias em 2009, nem tudo foi decepção, pois alguns se destacaram e olhem que eram marinheiros de primeira viagem. Entre eles, José Fernandes da Paz, que fez um bom trabalho como diretor de patrimônio e que, não fosse a interferência negativa do ex-presidente, poderia ter feito um trabalho ainda melhor. Não se pode esquecer do Rodrigo Nunes, que pegou um pepino grande, e como diretor financeiro dentro daquilo que pôde fazer realizou um grande trabalho, só não fez mais porque é difícil fazer milagre. E, por último, o Graciliano Rodrigues, que como diretor de marketing foi a grande surpresa, tanto divulgando o nome do clube como na arrecadação de recursos, que na sua administração foi uma das maiores. E todos sabem os motivos da sua saída: conflitos com os ex-“dirigentezinhos”, que ferraram o clube.

Gostei…

… das declarações e dos planos do diretor de marketing do Marinheiro, Cau Cleber Costa, no programa “Univali Esportes”, da TV Univali. Consciente das dificuldades que vai encontrar, mas com os pés no chão, e o que é importante, sempre pensando no clube e também no torcedor, que nos últimos tempos sempre ficou num plano secundário. Vai ter que trabalhar muito para trazer o torcedor de volta aos jogos do Clube Náutico Marcílio Dias e isto só vai acontecer com a formação de um time competitivo e bom trabalho do departamento de marketing, pois futebol só no segundo semestre.

Diferente

Em anos anteriores, quando na formação do time para disputar o campeonato Catarinense, o que mais se ouvia dos ex-“dirigentezinhos” era que o time iria ser feito de acordo com o dinheiro que prefeitura iria liberar. Felizmente, parece que o discurso mudou, pois mesmo fora de qualquer disputa no primeiro semestre os atuais dirigentes anunciam reuniões importantes logo para este início de ano, com patrocinadores importantes para bancar o futebol do Marinheiro em 2010.

Colaboradores

Tenho conversado, neste recesso, com ex-dirigentes e pessoas que já passaram pelo Clube Náutico Marcílio Dias e que, se recebessem um convite do presidente Abelardo Lunardelli, poderiam ser importantes nesta nova fase do clube. Destaco entre eles o Carlos César Pereira, o César do Sindicato, que quando diretor social realizou um ótimo trabalho, Denísio Dolásio Baixo, que poderia ser um grande nome atuando junto ao departamento jurídico, o Heitor Furtado, que sempre foi um grande colaborador. Tem também o juiz Paulo Sandri, um grande marcilista que teve uma participação importante na elaboração do novo estatuto do clube, e também o comendador Cidio Sandri, que com a grande experiência que tem já se colocou à disposição para ser um colaborador. Pessoas deste nível não podem ser desprezadas e, nesta hora de recuperação, muito podem fazer pelo Clube Náutico Marcílio Dias.

É triste…

… Acompanhar os noticiários e ver que as equipes estão se preparando para o campeonato Catarinense e nós aqui nada. E mais triste ainda quando se sabe que tudo isto só aconteceu porque alguns incompetentes ferraram o clube.

Abraços…

neste início de ano, a toda a grande torcida do Marinheiro, que sofreu muito em 2009 e espera um 2010 com muitas alegrias.

  •  

Deixe uma Resposta