• Postado por Tiago

Proibição

Um dirigente do Marcílio Dias, que não quis se identificar, diz que os jogadores do clube estão proibidos de falar com este colunista, com o comentarista Sandro Murilo Coelho e com a rádio Clube/Bandeirantes. Proibir o técnico Ronaldo Alfredo de conceder entrevista no Univali Esporte, da TV Univali, foi uma atitude ridícula.

Finalmente

Depois de muitas idas e vindas, parece que o Navegantes, o sem estádio, conseguiu um lugar para mandar seus jogos no campeonato catarinense de divisão especial. Vai jogar no estádio Roberto Santos Garcia, em Camboriú, onde a Camboriuense também manda seus jogos. É por isto que eles montam um time e se inscrevem nas competições mesmo sem ter campo para jogar, pois sempre aparece outro dirigente paternalista e eles se acertam. Com a conivência da Federação Catarinense de Futebol, estes absurdos continuam acontecendo no nosso futebol. E isto que o presidente da Federação Catarinense de Futebol, Delfim Pádua Peixoto Filho, e o então presidente da Associação de Clubes, Carlos Crispim, declararam no ano passado que neste ano a coisa mudaria, e quem não tivesse estádio não participaria de nenhuma competição organizada pela federação. Me engana que eu gosto.

Informação

O advogado Wanderley Godoy diz que, desde muito tempo, esta é a primeira vez que a cidade de Itajaí não tem nenhum representante no tribunal de justiça desportiva da federação catarinense de futebol. Tudo isto graças ao “bom senso” do Carlos Crispim, que, em vez de reconduzir os advogados de Itajaí, optou por indicar de Balneário Camboriú e Florianópolis.

Dirigentezinhos

Eu sei que a culpa não é deles, pois são profissionais e têm que acatar ordem superior. Escrevo isto em resposta aos diversos telefonemas que tenho recebido nos últimos dias, de jogadores e membros da comissão técnica do Clube Náutico Marcílio Dias, tentando justificar a censura no clube a parte da imprensa esportiva de Itajaí. Que eles não têm culpa todo mundo sabe, os culpados são estes “dirigentezinhos”, que querem jogar a sujeira para debaixo do tapete para que o torcedor não seja informado do que de ruim ou de bom acontece dentro do clube. É o que sempre digo, este pessoal passa e o clube fica. Só espero que não acabem com tudo.

Arbitragem

Está na página da Federação Catarinense de Futebol na internet, a relação dos árbitros de Santa Catarina que vão compor este ano o quadro da Confederação Brasileira de Futebol. Pouca novidade, um ou dois novos árbitros, mas que já se sabe de antemão que dificilmente serão aproveitados. Não vi até agora aquela renovação prometida pela comissão de arbitragem, mas vamos esperar os campeonatos da divisão especial e da divisão de acesso para ver se surge alguma coisa boa. Olha, a grande novidade na relação foi o rebaixamento do árbitro Marco Antonio Martins para assistente.

Só no Marcílio

É ridículo o jogador ter que levar a família ao estádio para mostrar aos dirigentes que está passando fome e para que a luz cortada por falta de pagamento seja religada. Só mesmo no Marcílio Dias…

  •  

Deixe uma Resposta