• Postado por Tiago

Sacanagem

Depois de afastar dos treinos, não pagar os salários pelo simples motivo de reclamar dos salários atrasados, o jogador Alex Guimarães sofreu mais uma humilhação imposta pelos “dirigentezinhos” do Clube Náutico Marcílio Dias. Foi rebaixado novamente à categoria de base do clube. São mesmo uns ditadores. Se não querem o atleta, que o liberem. Além de incompetentes, são vingativos. E o pior de tudo é que os que vieram para jogar na posição são do mesmo nível do Alex Guimarães. Igual por igual, fico com os daqui.

Repercussão

Continua repercutindo, e como sempre negativamente, os acontecimentos do jogo da última segunda-feira, quando os juvenis e juniores do Clube Náutico Marcílio Dias enfrentaram o Brusque e aconteceu toda aquela lambança proporcionada pela “diretoriazinha” do clube. São reclamações de atletas, torcedores e principalmente de pais de atletas, que se declaram decepcionados com tudo o que vem acontecendo com o nosso Marinheiro. Ainda bem que, na opinião de todos, a culpa é exclusiva dos “dirigentezinhos” que comandam o clube, isentando o diretor da base Abelardo Lunardelli, bem como a comissão técnica das categorias de base.

É sempre assim…

Fazem a lambança e querem colocar a culpa nos outros. Erraram um monte, sequer solicitaram a tal ambulância. Não teve jogo e queriam colocar a culpa no delegado e no árbitro responsáveis pela partida, que só cumpriram o regulamento. Pelo menos tenham a decência de assumir os erros.

Jogo treino

Depois do vexame da estreia do campeonato brasileiro da série C, o Clube Náutico Marcílio Dias vai realizar um jogo treino diante do Camboriú no estádio Roberto Santos Garcia, amanhã, às 10 horas, em Camboriú. É a oportunidade de o técnico Ronaldo Alfredo tentar arrumar a casa e testar alguns novos jogadores. Quanto ao Camboriú, vai mostrar ao seu torcedor o time que vai tentar chegar à primeira divisão do futebol catarinense.

Não entendo

A diretoria do Clube Náutico Marcílio Dias reclama que a coisa está difícil na busca de parceiros e patrocinadores para tocar o clube. Realmente está. Mas o incrível é que quando consegue estas parcerias não se dá o destaque que merecem. Exemplo disto, é que os novos parceiros Energy Sport e Local Frio, que estão dando a sustentação ao Marinheiro atualmente, sequer foram citados até agora na página oficial do clube na internet. Enquanto isto, ficam se preocupando em boicotar a imprensa.

Não sei…

Se soubesse, seria o primeiro a informar ao leitor. Diariamente recebo indagações através e e-mail e até de telefonemas, solicitando esclarecimentos sobre a não participação ao menos no sorteio, do árbitro Jose Nazareno Marcelino, da partida final do campeonato catarinense. Olha, leitor, estou tentando saber o que aconteceu e quando tiver uma resposta todos saberão. Agora, que houve alguma coisa grave que gerou o afastamento, isto houve.

  •  

Deixe uma Resposta