• Postado por Tiago

Eita, coisa…

Não dá para elogiar que eles logo esculhambam. Foi só ressaltar que a comissão de arbitragem da federação catarinense de futebol estava cumprindo com a tão prometida renovação do quadro de árbitros, que eles voltam a pisar na bola. Observando a escala do final de semana da divisão especial, vejo os nomes de Iolando Marciano Rodrigues e João Fernando da Silva. Desde quando esses nomes têm alguma coisa a ver com renovação? Nada contra estes árbitros, mas se é para renovar, então que escalem os novos que se saíram muito bem nas duas primeiras rodadas.

Recibo

Recebo através de e-mail, enviado por um cidadão chamado Miro, que se diz dirigente do clube, recibo timbrado da Federação Catarinense de Futebol, que acusa pagamento de taxa de arbitragem do jogo Navegantes e Porto, pela divisão especial. Tá feito o registro, o pagamento foi feito na federação. Agora tem o seguinte, lugar de pagar a taxa de arbitragem é no estádio e após o jogo.

Mais uma…

… da Fundação Municipal de Esportes de Itajaí. Para realizar um campeonato estadual de caratê foi solicitado ajuda para compra de medalhas no valor de R$ 2,5 mil, o que foi prontamente negado pelo nobre superintendente, como sempre alegando falta de recursos. Conversa vai, conversa vem, conseguiram arrancar do homem uma ajuda de R$ 300 para a alimentação. Solicitaram também cinco caixas de refrigerantes e sabem o que ele ofereceu? Apenas cinco garrafas de refrigerante. Isto que é incentivo, coisa de louco!

Sonhando alto

Enquanto que na Fundação de Esportes de Itajaí, o trabalho não decola, o vizinho Balneário Camboriú sonha alto. Conversei esta semana com o diretor técnico da Fundação Municipal de Esportes Mello Filho, e segundo ele um dos principais objetivos do Superintendente Sandro Bernardoni, e toda a sua equipe é trazer para a cidade os Jogos Abertos de 2011.

Tá feia a coisa…

… pros representantes da nossa região no campeonato da divisão especial. O Camboriú foi a Concórdia e perdeu de 3 a 1, enquanto que o Navegantes perdeu para o Videira por 5 a 2. As boas surpresas até aqui são Imbituba e Juventus, que venceram todos os jogos. Na próxima rodada, ambos jogam em casa. O Navegantes recebe o Juventus, enquanto que o Camboriú enfrenta o Porto.

Melhorou

Conversei com o Fabio Nogueira, vice-presidente da CBF e diretor técnico da FCF, e segundo ele, a criação da divisão de acesso melhorou o nível técnico da divisão especial, pois limitou o número de equipes na competição. Até pode, já pensaram se tivéssemos mais participantes na divisão especial? Certamente teríamos um nível técnico ainda pior.

Brasileiro

Derrotas do Avaí e Clube Náutico Marcílio Dias e empate em casa do Figueirense, demonstram que, ou melhoramos muito ou certamente teremos surpresas desagradáveis, pois continuo com o mesmo pensamento, se não cair ninguém já está bom demais. Pois hoje temos um na zona de rebaixamento, o Avaí, outro fazendo de tudo para chegar lá, o Figueirense, e os outros dois brigando para ver quem é o pior.

Fui enganado…

…. pelos meus informantes que habitam lá pelos lados do estádio Hercílio Luz. A informação que tinham me passado era de que os salários haviam sido colocados em dia e que tinham pago premiações. Como quando a esmola é demais ate o cego desconfia, fui atrás da informação correta e fiquei sabendo que o negocio não é bem assim. O que foi pago foi um bicho pela vitória diante do Criciuma. Quanto aos salários, segundo um quero-quero, continua tudo na mesma.

Jogou bem…

… e não merecia perder. O empate teria sido o resultado mais justo. Segundo o repórter Théo Sevey, que transmitiu o jogo pela rádio Clube/Bandeirantes, o Marinheiro jogou bem e só não venceu porque foi prejudicado pela arbitragem. Aliás, não é a primeira vez que arbitragem do Paraná prejudica os nossos clubes. Tem um tal de Nilo Neves Souza Junior que está cansado de roubar o Marinheiro aqui em Itajaí.

Copa das confederações

A afirmação: o Brasil que começou como um dos favoritos e apesar do sufoco o jogo decisivo conquistou o titulo. As boas surpresas: Estados Unidos, África do Sul e até o Egito. As grandes decepções, a Espanha que chegou cheia de banca e teve que contentar-se com um terceiro lugar, e a Itália, que sequer passou pela primeira fase.

  •  

Deixe uma Resposta