• Postado por Tiago

De Itajaí para o mundo

É o que aconteceu com o atleta da ginástica olímpica Fábio Santos, campeão por Itajaí nos Joguinhos e Jogos Abertos, que viaja dia seis e se apresenta dia oito de setembro no Canadá, onde vai fazer parte do elenco do Cirque Du Soleil, o mais importante do mundo. Fábio, hoje com 22 anos, treina desde os nove com Marcelo Coelho, técnico de ginástica olímpica da fundação de esportes de Itajaí. Para atingir o objetivo, ele participou de uma seletiva em novembro do ano passado, em Curitiba, deixando para trás milhares de concorrentes do Brasil e de toda a América do Sul. Itajaí perdeu um grande atleta, mas ganhou um artista de categoria internacional.

De lascar…

…as declarações do professor Valdecir, coordenador do projeto Segundo Tempo, em Itajaí. Falou que o projeto serve somente para cabide de empregos e que nada está sendo feito. O fato se confirmou numa reportagem feita pelo pessoal do Wilson Antunes, da TV Brasil Esperança, que foi ao local e não encontrou nenhum aluno, somente três monitoras. Antes tinham aproximadamente 100 alunos. Estão acabando com tudo, pois este projeto foi um dos melhores da administração do Davi Coelho, que entregou tudo certinho. Se continuar do jeito que está, infelizmente vai acabar. É o que sempre falo, misturam política com esporte e acontecem estas lambanças. E tem mais, enquanto outras fundações, entre elas Balneário Camboriú, tentam implantar o projeto Segundo Tempo, Itajaí está tentando acabar.

Cada dia pior

É o que se constata quando se analisa a participação de nossos representantes dentro do campeonato Brasileiro. Do jeito que vai, não sobe ninguém e certamente alguns cairão. E como sempre, o presidente da Federação Catarinense de Futebol acha que tudo está a mil maravilhas. Acorda presidente, pois poderemos terminar o ano sem nenhum representante na elite do futebol brasileiro.

Grotesco…

…o que aconteceu na rodada do fim de semana, das quartas-de-final da Copa Primavera, no jogo entre Nove de Julho e Costa R3. No final do confronto, ao validar um gol do adversário, o árbitro Luiz Guedes foi agredido por um jogador do Nove de Julho, que o pegou pelo pescoço. Sinceramente, nunca vi isso acontecer no futebol. Uma coisa é certa, ou o Alcemir Crispim da Silva arruma policiamento para os jogos semifinais e finais, ou poderemos ter mais problemas.

Contas

Recebo telefonema do Jânio Flávio de Oliveira, presidente do conselho fiscal do Marcílio Dias, esclarecendo alguns pontos sobre o que escrevi na coluna de segunda-feira. Disse que ontem, na reunião mensal do conselho deliberativo, foram entregues aos conselheiros os pareceres do conselho fiscal sobre a analise das contas, e que mais documentos foram solicitados, inclusive a cópia dos contratos de aluguel. Disse ainda que tudo será muito bem analisado e que não está afastada a hipótese do conselho fiscal dar parecer favorável pelo afastamento do presidente executivo, caso se comprove alguma irregularidade.

Péssima

Foi lamentável a arbitragem do trio Paulo Henrique Bezerra, Ângelo Rudimar Bechi e Kleber Lucio Gil, que comandaram o jogo entre Marcílio Dias e Criciuma. Acertaram somente nas expulsões, o resto foi só lambança.

Querem aparecer

Estas foram as palavras de um jogador experiente do atual elenco do Marcílio Dias, sobre diretores ficarem abraçando jogadores antes da entrada do time em campo. Segundo este atleta, quando o salário está muito atrasado eles não aparecem no clube, mas quando a coisa fica mais ou menos em dia ficam pertinho, principalmente na hora de entrar em campo, só para aparecer.

Será?

Se estes atuais “dirigentezinhos” não saírem antes, ainda vão ter coragem de se candidatarem a mais algum cargo dentro do Marcílio Dias? Sinceramente, não acredito. Seria muita cara de pau.

  •  

Deixe uma Resposta