• Postado por Tiago

zelioprado@yahoo.com.br

Erros no apito

A arbitragem do último fim de semana na série A do Brasileiro foi terrível, principalmente no jogo entre Corinthians e Botafogo, onde aconteceu de tudo. Gol com a mão que valeu, pênalti que não aconteceu e que foi marcado, pênalti que aconteceu e não foi marcado, um verdadeiro caos na atuação da arbitragem que, para variar, novamente favoreceu o Corinthians. Aqui também não foi diferente, pois o árbitro Luiz Flavio de Oliveira prejudicou o Avaí, deixando de marcar um pênalti claro em favor do time catarinense e deixando de expulsar dois jogadores do Flamengo que agrediram jogadores avaiano. Uma coisa é certa, erros sempre irão acontecer, agora o estranho disto tudo é que os erros na maioria das vezes acontece contra o time de menor expressão.

Força

Apesar da péssima fase que atravessam e de suas administrações caóticas, o futebol carioca ainda demonstra força dentro do cenário nacional. Dias atrás, na estreia do Adriano, o Flamengo colocou mais de 60 mil torcedores no Maracanã. No último sábado foi a vez do Vasco, que num jogo da segunda divisão e contra o fraco Ipatinga, lotou o estádio com quase 80 mil torcedores. Tem também o Botafogo e o Fluminense que, mesmo atravessando uma fase negra, conseguem levar grande número de torcedores onde jogam.

“Bem-vindo”

Foram estas as palavras do futuro presidente do Marcílio Dias, Abelardo Lunardelli, quando indagado sobre a possível vinda do comendador Cídio Sandri para participar da diretoria que está sendo formada. Concordo plenamente e acho que não poderia ser diferente, pois um nome deste porte, com o prestígio que tem e por tudo que já fez e ainda pode fazer pelo esporte de Itajaí, é sempre bem vindo.

Camboriú

Fui duramente cobrado pelo Carlão, da Pastelaria Camboriú, diretor do Camboriú, pois ele alega que falo muito do Clube Náutico Marcílio Dias, um clube falido e rebaixado, e não falo nada sobre o Camboriú, que segundo ele é um sério candidato para subir para a primeira divisão em 2010. Olha Carlão, claro que tenho falado do Camboriú, até porque é um clube na terrinha, e também torço muito para que ele suba, mas para que isto aconteça vai ter que jogar muito mais do que está jogando. Ah, domingo estarei no estádio Roberto Santos Garcia, a convite do amigo, para assistir o jogo do Camboriú contra o Videira.

Não é

Saiu num site especializado em futebol que o árbitro que fez a lambança no jogo Corinthians e Botafogo pertence à Federação Catarinense de Futebol, o que não é verdade, pois o soprador de apito pertence ao quadro da Federação Baiana de Futebol. Foi suspenso por 30 dias, juntamente com o nosso Wagner Tardelli, que também fez besteira no jogo Internacional e Corinthians. Pra variar, também errou em favor do time paulista.

Perigo

Já vi este filme antes. É muito oba, oba em torno do Avaí, que faz uma bela campanha no Brasileiro. Só que a empolgação demais quase sempre atrapalha. Isto aconteceu com o Criciúma no último ano em que disputou a série A, quando liderou a competição, mas aí badalaram demais e no final do campeonato acabou rebaixado. Vamos com cuidado e com os pés no chão, pois esta semana já vi gente colocando fácil, fácil o Avaí na Libertadores. Assisti também um canal de televisão fazendo enquete para ver qual jogador da equipe deveria ser convocado para a seleção brasileira. É empolgação demais. A campanha é espetacular, mas o torcedor tem que ficar ciente de que o primeiro objetivo foi atingido, ou seja, permanecer na série A. Daí para frente o que vier é lucro. Se acontecer uma Libertadores, que acho difícil, ótimo. Uma Sul-americana também é uma boa. Mas nesta hora todo cuidado é pouco.

Futuro do Marinheiro

Não compareci na reunião do Marcílio, mas conversei com o Denísio Dolásio Baixo, que esteve presente. Ele me informou que o encontro da noite de terça-feira, com a possível futura diretoria do clube, foi altamente positivo. Ficou decidido que será publicado um edital convocando eleições para executivo e conselho. Uma reunião de trabalho também está marcada para quarta-feira da próxima semana. No dia seguinte acontece uma reunião com a imprensa. Não resta dúvida de que é um bom começo.

  •  

Deixe uma Resposta