• Postado por Tiago

zelioprado@yahoo.com.br

É de chorar

Fiquei sabendo, através de um companheiro de imprensa, que teve um diretor do Clube Náutico Marcílio Dias que, quando indagado sobre o que achava da composição da nova diretoria, veio com esta: “Que diretoria? Não sei do que estão falando, pois o nosso mandato vai até outubro de 2010 e para sairmos agora temos que negociar muito”. Primeiro que diretor não tem mandato, pois mandato é só do presidente e vice. Segundo, o que será que ele quer negociar? Será que estão querendo cobrar do clube os cheques cancelados e as notas promissórias que não foram honradas? Só pode ser isto. E tem mais. Já era para terem saído, pois foram cassados. Como diz o Sandrão Fernandes: “Que coisa, meu povo!”

Outra coisa

O mesmo diretor mandou um recadinho a este colunista, para que eu me preparasse para receber cartinhas da justiça, pois eles pediram gravação de tudo que falei e escrevi sobre eles. Olha, caras-de-pau, não tenho medo de vocês, pois tudo aquilo que falei e escrevi sustento em qualquer lugar, inclusive perante a justiça. Se vocês pensam que estes recadinhos irão me intimidar estão enganados, pois tudo aquilo que falei e escrevi continuarei afirmando sempre. Vão embora de uma vez por todas, cambada de incompetentes.

Avaliação

Os árbitros da Federação Catarinense de Futebol, que atuam no quadro da CBF, estarão sendo avaliados fisicamente no dia 11 de setembro, a partir das 9h, na pista de atletismo em Itajaí. Quem não for aprovado ficará fora das escalas da CBF até janeiro, quando terá uma nova oportunidade. Os integrantes da comissão de avaliação são da Universidade Federal de Santa Catarina, supervisionados por Hélio Prado, coordenador de arbitragem da FCF, e por um membro da comissão de arbitragem da CBF.

Tempo bom

Conversei outro dia com um torcedor do Marcílio Dias e ele, saudosista, relembrou o tempo em que o comendador Cídio Sandri era o presidente do Marinheiro. Disse que naquela época, além de time bom, o torcedor que ia ao estádio e comprava o ingresso sempre concorria a algum prêmio. Quando não sorteavam um carro, o torcedor estava sujeito a ganhar outras coisas, entre elas muitas bicicletas. Tempo bom aquele em que o torcedor era feliz e não sabia.

Camboriú

Assisti à vitória do Camboriú, 1 a 0 em cima do Videira, e confesso que fiquei satisfeito. Embora não tenha apresentado um grande futebol, o Camboriú demonstrou ser um time bem treinado, com bons jogadores e que deve continuar crescendo de produção. Destaque para o bom público que compareceu ao estádio Roberto Santos Garcia. Com a vitória, o time continua firme em busca da classificação. Domingo deve somar mais três pontos, pois tem pela frente, em casa, o lanterna Navegantes.

Colaborador

Foi com satisfação que recebi telefonema do Euzébio Pereira Neto, o Caloca, do Café Cometa, ex-dirigente do Marcílio Dias, feliz ao saber através da coluna e do nosso DIARINHO que o Abelardo Lunardelli vai assumir o Marinheiro. Entre uma conversa e outra, o Caloca declarou que, desde já, está à disposição do futuro presidente para colaborar com o clube. Aqueles que diziam que se largassem ninguém pegaria devem estar chateados, pois tem aparecido muita gente, e todas de prestígio.

Figueirense

Nem a estreia do novo técnico salvou o Figueirense, que voltou a jogar mal e perdeu para a Portuguesa. Com mais esta derrota, está cada vez mais longe do G-4. A situação é complicada, até porque os três próximos jogos são contra Ceará, Guarani e Atlético/GO, três equipes que estão no G4. Todo cuidado é pouco.

Abraços…

…ao jornalista Edson Maba, que atua junto ao departamento de comunicação da prefeitura de Balneário Camboriú, leitor assíduo da coluna e do nosso DIARINHO.

  •  

Deixe uma Resposta