• Postado por Tiago

ANIMADO…

… e esperançoso. É assim que está o torcedor do Clube Náutico Marcílio Dias, com os últimos acontecimentos envolvendo o clube. Parece que está prestes a acabar aquela lenga-lenga, que entrava ano, saía ano e nada mudava. Era sempre o mesmo time medíocre que não ia a lugar algum. E o mais difícil de engolir: os mesmos dirigentes, sempre com a mesma conversa. Não largavam o clube porque não tinha ninguém para pegar. Finalmente, ao que tudo indica, a coisa vai mudar, pois apareceu alguém para assumir – e o que é fundamental – com apoio do torcedor, da imprensa e, até onde se observa, com apoio dos empresários. Nunca é tarde e há males que vem pra bem. Precisaram dois rebaixamentos num ano para que tudo mudasse e se começasse um trabalho de renovação e de recuperação para reerguer o nosso Marinheiro.

FAÇA O QUE EU DIGO…

…não faça o que eu fiz. Isso se aplica bem na entrevista que o Rubens Barichello concedeu a uma emissora de televisão. Na entrevista, ele criticou a atitude do Flavio Briatore e do piloto Nelson Piquet, no mais novo vexame da Fórmula 1, só que esqueceu que ele mesmo já proporcionou um episódio lamentável quando pilotava para a Ferrari. Acatou ordem e deixou o Schumacher ultrapassá-lo a poucos metros da linha de chegada. Falar dos outros é fácil. É tudo farinha do mesmo saco! Certo está o Antonio Pizzonia, que declarou que isto tudo é só o começo e que a Fórmula 1 não resiste a uma investigação séria.

PORTUGUESA

Recebi muitos e-mails de torcedores de Navegantes, se dizendo decepcionados com a campanha da Portuguesa na divisão de acesso. Concordo com o torcedor, pois apesar de ser o primeiro ano no futebol profissional, eu também esperava um pouco mais, até porque o nível técnico da competição é muito fraco. Por outro lado, como é uma experiência nova, com jogadores todos praticamente da região, quem sabe este campeonato sirva de exemplo para que no próximo ano se forme um time realmente em condições de competir. Pelo menos ele leva uma grande vantagem sobre o antigo representante da cidade, o Navegantes: até agora não trapaceou ninguém.

BARROSO

Conversei com o Comendador Cidio Sandri e, segundo ele, a sua intenção no Barroso é somente no futebol profissional, pois entende que caso o clube volte ao futebol, as diretorias devem ser independentes. Na sua proposta, o clube teria duas diretorias, a atual que toca o clube, juntamente com seus conselheiros, e uma que seria formada unicamente para tocar o futebol profissional. Outra coisa que ele pediu para esclarecer é que não foi ele que fechou o futebol profissional no Barroso. Ele atendeu a uma solicitação da diretoria da época. Informa ainda que não foi por falta de dinheiro que o Barroso acabou com o futebol profissional.

  •  

Deixe uma Resposta