• Postado por Tiago

zelioprado@yahoo.com.br

Um ano pra esquecer

Está terminando o ano futebolístico para as equipes profissionais da nossa região e o resultado não poderia ser pior. O Clube Náutico Marcílio foi só vexame, péssima campanha dentro do campeonato Catarinense, com um time medíocre sendo rebaixado. Na série C do Brasileiro, novamente um time fraquíssimo e outro vexame, com mais um rebaixamento. Foi a pior campanha da história do Marinheiro, que também teve a pior diretoria de todos os tempos.

Nos outros clubes da região, a coisa não foi diferente. O Camboriú prometeu muito e pouco fez. Até que a sua diretoria tentou, deu todas as condições, montou uma comissão técnica de respeito, primeiro com Gonzaga Millioli, depois com Lio Evaristo, mas dentro de campo o time não correspondeu e protagonizou um dos fatos mais tristes de sua história, a derrota em casa para o moribundo Navegantes. Prometeu mundos e fundos e nada aconteceu.

Aí vem o Navegantes, e este sim confirmou tudo aquilo que dele se esperava ou não esperava. Mais uma vez, veio só para complicar a competição, com as mesmas picaretagens de sempre. Menos mal que no próximo ano, para o bem do futebol catarinense, estaremos livres destes incompetentes, pois estão suspensos. A menos que a amizade entre o Egon da Rosa e o seu compadre Delfim Pádua Peixoto Filho fale mais alto e o Egon arrume uma vaga na divisão de acesso, coisa que não acredito.

E por último tem a Portuguesa, que fez o que pôde até agora, mas com uma estrutura precária e sem dinheiro não deverá ir muito longe, fato que vem se confirmando dentro da competição. Portanto, torcedor, é um ano pra esquecer. Com todas estas incompetências dos nossos “dirigentezinhos”, vamos ter futebol somente a partir do segundo semestre de 2010.

Coisa feia…

…aconteceu na festa de abertura do Brasileiro de bolão 16 masculino, no clube Tiradentes, quando chamaram as autoridades para compor a mesa. Primeiro chamaram o atual superintendente da Fundação de Esportes de Itajaí, Álvaro Provesi, e na sequência o ex-superintendente Davi Coelho, representando o ex-prefeito Volnei Morastoni. Até aí, tudo bem. Só que estava presente a professora Bete, atual diretora técnica da fundação, que sequer foi citada. Uma total falta de consideração, pois a fundação era uma das colaboradoras do evento.

Festa

Apesar da chuva, a Festa dos Amigos, organizada pelo pessoal da TV Brasil Esperança, foi novamente um sucesso. Na barraca da Brava Sete, onde passei a maior parte do tempo, tive o prazer de receber a visita de muitos torcedores do Clube Náutico Marcílio Dias, que me perguntavam quase sempre a mesma coisa: será que a situação vai melhorar no clube para 2010? Deu pra sentir que o torcedor tem muita esperança, até porque todos concordam que pior do que está não pode ficar. Por outro lado, é unanimidade entre eles que esta foi a pior diretoria da história do clube.

Barroso

Nem bem se recuperou dos prejuízos causados pelas enchentes do ano passado, o nosso simpático Clube Náutico Almirante Barroso é novamente castigado pelas intempéries. O vendável que assolou Itajaí na última terça-feira causou muitos prejuízos nas dependências do clube. Mas, com a competência do presidente Selso Bartelt e de seus diretores, logo, logo tudo estará retornando à normalidade.

Arbitragem

Dos 22 árbitros que representam Santa Catarina no quadro da CBF, apenas três não atingiram os índices mínimos exigidos na avaliação realizada em Itajaí, na última sexta-feira. Jéferson Schimitt, Fernando Lopes e Eberval Lodetti foram os reprovados, mas eles ainda terão a oportunidade de realizar os testes em outro estado. Caso sejam novamente reprovados, só voltarão a ter nova chance em 2010. A surpresa, no meu entendimento, é o Jéferson Schimitt, sempre um dos melhores preparado fisicamente.

Abraços…

…ao Morcilha, o Peixeiro e o Beleza que, apesar dos nomes curiosos, são leitores assíduos da coluna e do nosso DIARINHO. Outro que também nos acompanha diariamente é o Barreto, da delegacia regional. A todos, um grande abraço.

  •  

Deixe uma Resposta