• Postado por Tiago

zelioprado@yahoo.com.br

Eleição

Acabou o suspense e as expectativas se confirmaram. Foram inscritas duas chapas para concorrer às eleições do dia 5 de outubro, que vai apontar os novos membros do conselho deliberativo do Clube Náutico Marcílio Dias. A primeira encabeçada pelo advogado Denísio Dolásio Baixo, tendo como vice o também advogado Wanderley Godoy, e a segunda com Cau Cléber Costa como candidato a presidente, com o Roberto Venâncio como vice, ambos integrantes da torcida Fúria Marcilista. Analisando as pessoas que estão à frente das chapas, chega-se à conclusão que o Marinheiro pode finalmente entrar em uma nova fase, pois são pessoas do mais alto conceito e que certamente poderão contribuir com o futuro presidente, Abelardo Lunardelli, para a recuperação do clube. Ainda estou convicto de que um entendimento vai acontecer e que uma união destas duas chapas vai fortalecer ainda mais o Marinheiro.

Que coisa!

Conversei com o comendador Cídio Sandri e ele me confidenciou que foi só declarar que poderia voltar ao futebol, que o telefone não parou mais de tocar. São empresários de futebol, que realizaram negócios com ele quando era presidente do Clube Náutico Marcílio Dias, oferecendo parcerias e jogadores. É aquilo que sempre falo, pra tocar o futebol profissional tem que ter dinheiro, mas prestígio também é muito importante. E isto ele tem, e muito!

Imperdível

Neste domingo, no programa Univali Esportes, na TV Univali, às 21h, serão entrevistados por este colunista e pelo comentarista Sandro Murilo os futuros dirigentes do Marinheiro. Estarão presentes o futuro presidente Abelardo Lunardelli, o candidato à presidência do conselho deliberativo, Denísio Dolasio Baixo, e o provável técnico da equipe Antonio Augusto. Imperdível.

Paradinha

O pesadelo dos goleiros nas cobranças de pênalti está com os dias contados. Quem anunciou a boa notícia foi o próprio presidente da Fifa, Joseph Blatter, que se declarou totalmente contra a paradinha. Disse ainda que considera a paradinha uma infração e quem a praticar deve ser punido com cartão amarelo, e na reincidência com o vermelho. Finalmente apareceu alguém para acabar com esta bagunça.

Prejuízo

A situação está complicada no campeonato da divisão especial, que continua parado em função do imbróglio envolvendo Futebol Clube do Porto e Camboriú. Conversei com um presidente de clube, que não quis se identificar, e ele simplesmente colocou toda a culpa em cima da Federação Catarinense de Futebol que, segundo ele, deixa participar da competição equipes sem um mínimo de estrutura. Concordo plenamente.

Brasileiro

Vem aí mais um fim de semana emocionante para o torcedor catarinense. O Avaí, que vem de derrota para o lanterna Fluminense e recebe o forte Cruzeiro, precisando se recuperar. O Figueirense, em grande recuperação depois de duas vitórias fora de casa, recepciona o Bahia. Com uma nova vitória pode finalmente retornar ao G4. E tem a Chapecoense, que pela primeira vez jogará no Maracanã e que vai atuar diante do Macaé, tentando chegar à final da série D.

Ansiosos

Segundo os meus informantes, os quero-queros que habitam o estádio Hercílio Luz, ex-atuais “dirigentezinhos” do Clube Náutico Marcílio Dias estavam ansiosos para ver quais seriam as chapas e quem seriam seus integrantes para concorrer à presidência do conselho. Parece que quando elas foram registradas, no final do dia, fizeram cara feia e foram embora.

Mais uma…

Destes incompetentes que acabaram com o Clube Náutico Marcílio Dias. Demitiram o Gil, mordomo do clube. Até aí tudo bem, pois com o time parado não havia necessidade de mantê-lo. Só que não pagaram os salários, três meses de atraso, e não deram baixa na carteira. Pra ferrar mais ainda, Gil se dirigiu à Caixa Econômica Federal para tentar receber o seguro-desemprego e não deu, sabem por quê? Porque estes incompetentes simplesmente não depositaram o FGTS. E depois os outros é que envergonham o clube. Estas informações me foram passadas pelo presidente do conselho fiscal do clube, Jânio Flávio de Oliveira.

Acabou…

…aquela desculpa de que não largavam o clube porque ninguém queira pegar, e aí poderia cair na mão de qualquer um. Prova disto é que para a presidência executiva apareceu o Abelardo Lunardelli e para o conselho, duas chapas, tudo gente de grande prestígio. Agora só falta eles se mandarem.

  •  

Deixe uma Resposta