• Postado por Tiago

zelioprado@yahoo.com.br

Ilegal

É o que declara o conselheiro e presidente do conselho fiscal do Clube Náutico Marcílio Dias, Jânio Flávio de Oliveira, sobre a eleição dos novos conselheiros. Ele disse que diversas irregularidades aconteceram durante a reunião e que está pensando em pedir na justiça a anulação da assembleia geral, para que se cumpra o estatuto do clube, que no seu entendimento mais uma vez foi desrespeitado, principalmente pelo Aldo Corrêa, presidente do conselho deliberativo. Informa ainda o Jânio que não compareceu à reunião porque se encontra inadimplente e que não paga enquanto estes atuais “dirigentezinhos” estiverem à frente do clube.

A pergunta é

Com tanta gente participando da reunião, inclusive vários advogados, como é que não detectaram que havia este monte de irregularidades que o Jânio diz ter acontecido? Eu não sei quais foram, mas uma é evidente, o atual ex-presidente cassado não poderia ter participado. Pior ainda foi que participou e tentou impor sua vontade. É uma vergonha!

O tempo passa…

o tempo voa, e cassado há mais de 60 dias o homem não larga o osso. São coisas que só acontecem no Clube Náutico Marcílio Dias. E quem é eleito para fazer impor o estatuto do clube, o presidente do conselho, é o primeiro a desrespeitá-lo.

Agora ou nunca

É assim que os torcedores do Clube Náutico Marcílio Dias estão analisando a atual situação do clube. Se por um lado há esperança no Abelardo Lunardelli e sua equipe, por outro a presença ainda dentro do clube dos “ex-dirigentezinhos” é preocupante. A maioria com quem conversei entende que é a última chance de uma limpeza geral. É agora ou nunca!

Agitou

Uma das notícias que mais agitou os meios esportivos da cidade nos últimos tempos, sem dúvida, foi o anúncio da provável volta do comendador Cídio Sandri ao futebol profissional. É aquilo que sempre digo, os incompetentes passam e logo são esquecidos, os sérios e competentes são sempre bem-vindos. Seja com o Barroso, o Itajaí ou até como dirigente ou colaborador do Marcílio Dias, o desportista itajaiense aguarda ansioso o retorno do comendador.

Batalhador

O homem não desanima nunca. Passei pelo Clube Náutico Almirante Barroso e vi que tudo aquilo que foi danificado pelo vendaval de dias atrás está sendo recuperado. É o incansável presidente Selso Bartelt, ajeitando a casa. Uma coisa ninguém pode negar, o homem é trabalhador.

Tênis

Vem aí, entre os dias 19 e 23 deste mês, a copa de tênis Despachante Espíndola, no Itamirim Clube de Campo.

E agora?

Não é novidade pra ninguém que o atual ex-presidente do Clube Náutico Marcílio Dias e o advogado Wanderley Godoy são inimigos declarados, em função das lambanças que o “dirigentezinho” aprontou pra cima do Godoy, quando era presidente da associação de clubes. Dizem que o Denísio é candidato do Crispim, coisa que não acredito. Mas se for, como é que fica a situação do Wanderley Godoy? Aceitaria estar junto com o inimigo? Conversei com ele e a resposta foi a seguinte: “Se for assim, estou fora”.

Perseguido

É assim que se sente o presidente do conselho fiscal e secretário do conselho deliberativo, Jânio Flávio de Oliveira, que recebeu uma carta da secretaria do clube solicitando que devolva em 24 horas o livro de ata do conselho, que está em seu poder. Informa que não vai devolver porque, como secretário, a responsabilidade do livro é sua. Falou que só vai entregá-lo ao próximo secretário, a ser eleito.

Abraços…

…ao Érico Ganancini, de Camboriú, e pra Aninha, integrante da torcida Fúria Marcilista, leitores assíduos da coluna e do nosso DIARINHO.

  •  

Deixe uma Resposta