• Postado por Tiago

Diretoria

Conversei com o futuro presidente do Marinheiro, Abelardo Lunardelli, e ele me disse que alguns nomes da chapa derrotada na eleição do conselho deliberativo poderão fazer parte da diretoria executiva. Entre eles está Wanderley Godoy, que deve assumir o departamento jurídico, e Denísio Dolásio Baixo, que poderá ser o vice-presidente executivo. Também não está descartada a hipótese de uma inversão, com o Wanderley Godoy na vice-presidência e o Denísio como diretor jurídico.

Acho difícil…

…que depois da derrota para a presidência do conselho deliberativo, coisa que o deixou muito chateado, o Denísio aceite qualquer cargo na diretoria executiva. Pelo menos este era o seu pensamento no dia seguinte à eleição, quando conversei com ele. O seu desejo é de ficar somente como conselheiro, fiscalizando, tanto o conselho quanto o executivo.

Palavras…

de um ex-diretor do Marcílio Dias, se referindo ao resultado da eleição da nova diretoria do conselho deliberativo do clube. “Venceu a nossa chapa”. E o pior de tudo é que teve conselheiro que não enxergou isto.

Ameaça

Teve ex-dirigente do Clube Náutico Marcílio Dias que, no final de semana, ligou para um amigo meu mandando recadinhos com ameaças a este colunista, em função das críticas feitas à “ex-diretoriazinha”. Não adianta vir com ameaças, pois não tenho medo de vocês, seus incompetentes.

Indignados

Recebi muitos e-mails e telefonemas, entre eles destaco o do torcedor do Marcílio Dias e leitor assíduo da coluna e do nosso DIARINHO, Luiz Carlos Freitas, do bairro Nossa Senhora das Graças, perguntando o seguinte: pode alguém que é eleito para a diretoria do conselho deliberativo ter negócios com o clube? Certamente, se referindo ao Alexandre Angioletti, que é arrendatário do estacionamento do clube, e o secretário da chapa, que também tem negócios com o Marinheiro. Olha, gente, poder até que pode, pois não tem nada no estatuto que proíba. Agora, que é imoral, isto é!

Pergunta…

que não quer calar. Será que o presidente do conselho deliberativo, Luiz Antônio, que prometeu a este colunista que se eleito iria rever todos os contratos de aluguel, vai rever os contratos de aluguel do estacionamento e do fornecimento de bebidas, cujos favorecidos fazem parte da sua diretoria? Até porque se sabe que o contrato de aluguel do estacionamento está irregular, como já foi amplamente divulgado. Estamos todos esperando.

Não entendi

Ainda não sei até agora o motivo do ex-presidente cassado, Carlos Crispim, ter se empenhado tanto na eleição do novo conselho, tanto na formação da chapa, quanto no dia da eleição. Dizem que o homem gastou o dedo, de tanto ligar pedindo votos para a chapa do Luiz Antônio. E o mais triste de tudo é que teve gente que acreditou que ele estava apoiando o Denísio Dolasio Baixo.

Analisando bem

Apesar do apoio da “ex-diretoriazinha” à chapa vencedora, uma nova fase pode ter se iniciado no clube, que de uma tacada só se viu livre dos três mosqueteiros, que tanto mal causaram ao Marinheiro. Espera-se que estes incompetentes tão cedo não apareçam lá pelos lados do Hercílio Luz, como dirigentes, é claro.

Brasileiro

Como já está se tornando frequente, mais um grande final de semana dos nossos representantes na competição. Na sexta feira, o Figueirense não tomou conhecimento do Juventude e a vitória de 3 a 1 o colocou no G4. No sábado, o Avaí, depois de um péssimo primeiro tempo, quando perdia por 1 a 0, voltou completamente diferente no segundo, fez dois, e a superioridade foi tão grande que poderia até ter goleado.

Muito bem

Destaque para o trabalho de vestiário realizado pelo técnico Silas que, mesmo sem alterar o time, mudou completamente o panorama para o segundo tempo. Foi outra equipe, tanto na parte técnica, quanto emocional. Demonstrou que tem o time na mão.

  •  

Deixe uma Resposta