• Postado por Tiago

zelioprado@yahoo.com.br

À disposição

Conversei com o comendador Cídio Sandri e, entre um papo e outro, surgiu o clube Náutico Marcílio Dias. Relembrou do tempo em que comandava o Marinheiro, do belo time que montou e, principalmente, da situação financeira péssima de quando assumiu, mas que conseguiu reverter, deixando no caixa muito dinheiro. Disse estar decepcionado com a diretoria que está saindo, pois um clube com a tradição do Marcílio Dias jamais poderia chegar numa situação tão complicada, quebrado e com dois rebaixamentos em um ano. Entende que o Marinheiro é viável, basta saber administrar. Também diz que o caminho são promoções nos dias de jogos, como prêmios sorteados nos intervalos, que seriam fortes argumentos para trazer o torcedor de volta. Relembra que, quando presidente, este argumento sempre deu certo e sorteou mais de 100 veículos zero quilômetro, centenas de bicicletas e muitos outros prêmios.

Quando indaguei o que achava desta nova diretoria, foi categórico: “Conheço pouco este pessoal, mas pelas informações que tenho é gente séria e é disto que o futebol profissional está precisando”. Pra encerrar, perguntei se estava disposto a colaborar com o clube. Disse que sim, e se for convidado ajudará esta nova diretoria com seu conhecimento e com a experiência de quem já comandou três times que já participaram do futebol profissional em nossa cidade: Barroso, Itajaí e o nosso Marcílio Dias. O sonho de voltar com o Barroso ao futebol profissional, ou até com o Itajaí, não está descartado. Mas isso não seria empecilho para que voltasse a colaborar com o Marcílio Dias, principalmente nesta hora tão difícil. Com a palavra Abelardo Lunardelli e Nildo Cassaniga, os novos comandantes do Marinheiro.

Amador

Times que não comparecem para jogar, árbitros que faltam e julgamentos dirigidos. Esta é a realidade do campeonato amador da liga Itajaiense de Desportos. Tomara que acabe logo esta vergonheira, pois desta vez bateram todos os recordes negativos. Foi, sem dúvida, um dos piores campeonatos da história da liga.

E agora?

Com tudo que vem ocorrendo com relação à sua participação no campeonato amador de Itajaí, o Ferroviário deve ser suspenso. A pergunta que fica é se a tal punição também afetará a sua participação na taça Vale Europeu? Entendo que sim, pois os dois campeonatos são federados. Mas, como tudo é rolo, acredito que nada vai acontecer.

Gostei…

…da declaração do presidente do clube Náutico Marcílio Dias, Abelardo Lunardelli, no programa Univali Esportes, da TV Univali, no último domingo. Disse que: “Doa a quem doer, todos os contratos de aluguel feitos na administração anterior serão reavaliados”. Finalmente uma boa notícia.

Jasc

Excelente a atitude do prefeito de Chapecó, João Rodrigues, que tava cansando de ser enrolado pelo governo do estado com relação à liberação da verba para realização dos jogos abertos. Disse que a prefeitura vai bancar tudo e que não quer mais o dinheiro do governo. Êta prefeito peitudo! Só que depois desta peitada, o governo liberou o dinheiro rapidinho e ele, que não é bobo, aceitou.

Boa notícia

Aquilo que eu sempre falei e achei que seria melhor, sobre o Marlon Bendini, vai acontecer. Voltar como dirigente, não, mas como colaborador, sim. E é isto que vai acontecer nesta nova fase do Marcílio Dias. Conversei com o Euzébio Pereira Neto, o Caloca, diretor de futebol, e também com o Marlon Bendini, e ambos confirmaram a notícia. A vinda do Marlon como colaborador não deixa de ser um reforço importante para o Marinheiro.

Piada

Só pode ser encarada desta forma a notícia de que o Egon da Rosa se colocou à disposição da nova diretoria. Coisa de louco! Ele que fique fazendo suas lambanças lá no Navegantes, bem longe do estádio Hercílio Luz.

Tênis

Sucesso total a copa de tênis Despachante Espíndola, disputada no Itamirim Clube de Campo, que teve seu encerramento na quinta-feira, com um jantar nas dependências do clube. Parabéns ao Faísca e à Tereza, diretores da Despachante Espíndola, por este grande evento esportivo.

  •  

Deixe uma Resposta